Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

A capacidade de se indignar (ou exportando a impunidade)

Foi com profunda vergonha e um pouco de  asco que reagi a notícia de que o STF acabou decidindo por não revogar a infame decisão do presidente Lula no final de 2010 de rasgar o acordo bilateral entre Brasil e Itália que previa a extradição do facínora Battisti. Na verdade vergonha dupla, pois em 2009 numa demonstração de fraqueza e total submissão ao Executivo, o STF deixou tal decisão na mãos de um presidente como Lula quando simplesmente poderia  bater o martelo nessa questão. Pediram bença a quem não devia, deu no que deu.
O presidente numa atitude covarde decidiu pela não extradição no último dia do seu governo, na véspera dos festejos de fim de ano, acreditando que com isso o impacto dessa decisão destrambelhada seria mitigado. Ledo engano. Por incrível que pareça até mesmo a imprensa, em grande parte cooptada pelo PT, cumpriu muito bem o seu papel, nesse caso específico, denunciando o ato ilegal do presidente.
Agora, mais uma vez o cavalo passou arreado , já que o governo italiano…